Sobre o Inumeráveis

Geraldo Oliveira Soares

1927 - 2020

Trabalhou em sua mercearia por 60 anos. Aposentado, ia frequentemente até lá conversar com os amigos.

O encantamento que marca a memória do Sr. Geraldo é a simplicidade, repleta de uma profunda dignidade, que marca sua trajetória.

Ele era torcedor apaixonado do Ceará Sporting Club, o "Gigante Alvinegro". Nos seus últimos anos, ficava cada vez mais parecido com o mascote Vovô do "Time do Povo". Deixa essa paixão de herança para filhos e netos.

A origem interiorana, que lhe proporcionou poucas oportunidades na formação acadêmica, não impediu que ele valorizasse a Educação. E ver seus cinco filhos formados era seu maior orgulho.

O trabalho foi, certamente, um dos maiores contentamentos da sua vida. “Papai gostava de trabalhar na mercearia, mesmo quando parou de trabalhar, aos 88 anos, ainda costumava, quase diariamente, ir à mercearia para conversar com amigos”, conta o Eugênio, um dos filhos.

Ele também fala da força do pai que, ao ficar viúvo em 2013, manteve a união dos cinco filhos e ainda ganhou seis netos de presente da vida. Ele amava estar em família.

Geraldo nasceu em Quixadá (CE) e faleceu em Fortaleza (CE), aos 92 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo filho de Geraldo, Eugênio Pacelli Vidal Soares. Este tributo foi apurado por Lígia Franzin, editado por Hélida Matta , revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 3 de outubro de 2020.