Sobre o Inumeráveis

Jacir José Ferrarezi

1960 - 2020

Tio Nego era batalhador e guerreiro. Sorria bastante. Amava Salete, sua companheira de todos os dias.

Jacir era extremamente sensível e amável.

Nunca deixava as pessoas desanimarem e fazia isso com seu sorriso e suas palavras. Quando conheceu Salete, sua esposa, soube que teria alguém para acompanhá-lo em toda a sua história.

Bondosos e humildes, o casal transmitia paz, amor e alegria para a família. Passaram por várias dificuldades, mas nunca deixaram um ao outro. O amor foi maior que qualquer obstáculo. Juntinhos, construíram um caminho todo decorado para a casa deles e cuidavam de vários animais.

Jacir, chamado carinhosamente de Tio Nego, acolhia sempre. Na lembrança da sobrinha Giovana, as atitudes dele não se perdem. Estão ali guardadas. Ela conta que nunca se sentiu tão acolhida e amada quanto em suas visitas aos tios.

Em 2018, para ficarem mais próximos dos filhos, Karina e Roberto, o casal se mudou.

"Agradeço imensamente aos céus por tê-los conhecido. Este tributo é a forma mais pura que tenho de dizer que os amo imensamente e que, não se passará um dia em que eu não sinta saudades. É para eternizar o melhor casal que já existiu e é exatamente o tipo de amor que quero encontrar. Jamais existirá amor mais puro, corações mais bondosos e abraços mais acolhedores. O amor dos dois perdurará por toda a eternidade", enfatiza Giovana, sobrinha do casal.

Como Jacir e Salete nunca quiseram se soltar, nem mesmo a doença conseguiu separá-los.

Faleceram separadamente, mas um estava ligado demais ao outro.

Nas memórias, para sempre vão poder falar que aqueles dois souberam aproveitar a melhor coisa da vida: a companhia de quem se ama.

Para conhecer a história de Salete, visite o memorial dedicado a ela: Salete Frozza Ferrarezi.

Jacir nasceu em Vargeão (SC) e faleceu em Castanhal (PA), aos 60 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de Jacir, Giovana Camera Pimenta. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Josué Seixas, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 4 de julho de 2020.