Sobre o Inumeráveis

João Soares Pinheiro Neto

1962 - 2020

Felicidade era sua filosofia de vida!

Reunir-se com amigos e cantar as músicas do inigualável Belchior estavam entre as preferencias de Joãozinho, o sorridente e inteligente professor de filosofia.

Além da paixão pela esposa Ana Rosa e os filhos Karina e Felipe, seu coração abrigava também o amor pelo Botafogo.

Joãozinho e Ana se conheceram ainda adolescentes. Ele foi o primeiro namorado dela, mas a vida os conduziu por caminhos diferentes e ambos se casaram com outras pessoas. E não é que seus caminhos voltaram a se cruzar? E então, separados dos outros relacionamentos, acabaram por ficar juntos. Ele fazia questão de dizer à Ana todo dia o quanto a amava!

Alegre e brincalhão, sempre tinha uma piada nova para contar em família. Expert em inventar comidas variadas, também era exímio criador de fotomontagens incríveis.

“Nós fomos muito felizes nos 8 anos em que vivemos juntos! Ele era maravilhoso e meu grande amigo”, conta Ana, a esposa amada.

-
Esta é uma carta aberta do irmão de João, João Soares do Lago Júnior:

Antes de escrever estas linhas, revirei fotos antigas e aquelas mais recentes buscando resgatar momentos que desde a sua partida definem o sentimento da saudade. Em todas as fotos o filósofo e mestre Pinheiro Neto sempre esboçava um largo sorriso, porque era assim que encantava todos ao seu redor. Era alguém que fazia do seu bom humor um pré-requisito no ofício de professor, no papel de marido, pai, filho e irmão. Era tão de bem com a vida que chegava a ser irritante para quem não tivesse acostumado com o seu modo de ser.

Apesar da alegria, era responsável e diligente no ofício de professor no qual tinha orgulho e nos orgulhava por essa dedicação.

Meu irmão partiu deixando saudade, mas com a certeza que a interseção de sua vida com todos aqueles que tiveram a felicidade de conhecê-lo não foi em vão. Cada um de nós sabe mensurar a dor da falta que o professor Pinheiro Neto fará no meio de nós.

João nasceu em Manaus (AM) e faleceu em Manaus (AM), aos 57 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela esposa e pelo irmão de João, Ana Rosa e João Soares do Lago Júnior. Este texto foi apurado e escrito por Marilza Ribeiro, revisado por Didi Ribeiro e moderado por Rayane Urani em 28 de maio de 2020.