Sobre o Inumeráveis

Joel Ferreira dos Santos

1948 - 2020

Era uma daquelas figuras emblemáticas, que de tão autêntico, deixava histórias e frases marcantes por onde passava.

Joel era mais conhecido como Joia. E era uma joia rara mesmo! Odiava hipocrisia e falava sempre a verdade, doa a quem doer. E não era só protetor da verdade, protegia a família com uma verdade maternal, abraçando filhos, noras e netos com suas asas.

Adorava vê-lo recitar o decorado texto de Rui Barbosa ao ladrão de galinhas, de um conhecido conto popular. E sua palestra sobre o nascimento de Cristo, em todo Natal, onde ele reunia toda a família, era uma aula sobre espiritualidade e fé. Ele era um homem de fé e caridoso, vivia ajudando o próximo, pregando um ensinamento do Homem que ele mais admirava.

Seu sorriso trazia a traquinagem de um menino e quando, às vezes, era instigado a sair do seu mundinho tão único, ele dizia com seu semblante blasé: "tô com preguiça de falar!"

Joel não tinha redes sociais, nem celular. Quis ficar no mundo analógico e longe de fake news. Mas o que fica é sua mensagem, que ficava clara toda vez que via alguém com um violão nas mãos e pedia: "Toca Raul!". Ah, bicho maluco beleza!

Joel nasceu em Recife (PE) e faleceu em Recife (PE), aos 72 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo sobrinho de Joel, Francisco Amorim de Oliveira Filho. Este tributo foi apurado por Lígia Franzin, editado por Lígia Franzin, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 7 de agosto de 2020.