Sobre o Inumeráveis

José Aparecido Amorim

1959 - 2020

Um taxista fã de Roberto Carlos, que convocava a família para festas em que a diversão era ele mesmo.

Ele percorria todo canto da cidade, em um vai-e-vem quase sempre arrebatado pelas melodias de Roberto Carlos, de quem era fã.

Para família, amigos e passageiros, era o "Cidão", um senhor benevolente, íntegro e fanfarrão. Era ele quem agitava as festas da família, sempre rindo e fazendo rir.

O churrasco que Cidão preparava não só alimentou, como também, alinhavou a união da família. Eram momentos de pura diversão!

Seu clã era formado pelos quatro filhos: Bruno, Thiago, Leandro e Vinícius, que foram criados com amor e dedicação. Mais do que pai e filhos, eram grandes parceiros.

As músicas que ele ouvia, embalam agora as lembranças de uma vida que foi bem vivida.

“Em paz com a vida,
E o que ela me traz
Na fé que me faz
Otimista demais
Se chorei ou se sorri
O importante é que emoções eu vivi”

José nasceu em Sandovalina (SP) e faleceu em São Paulo (SP), aos 61 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo sobrinho de José, Daniel Amorim. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Gabriele Ramos Maciel, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 10 de junho de 2020.