Sobre o Inumeráveis

José Bráulio Sousa Ayres

1954 - 2020

Como um enviado de Deus, colocou-se à disposição dos seus semelhantes. Deixa uma multidão de órfãos.

Foi ordenado sacerdote em 06 de dezembro de 1981.

No momento, exercia a função de pároco da Paróquia Santíssima Trindade, na Cidade Olímpica, em São Luís (MA).

“De certa maneira, fomos pegos de surpresa, uma vez que as notícias recentes sobre a evolução da doença eram bastante positivas”, comenta o arcebispo Dom José Belisário da Silva.

A Arquidiocese de São Luís do Maranhão deve muito ao padre Bráulio.

“Se pudermos sublinhar uma das suas importantes atuações em favor dela, chamaríamos a atenção para a importância de padre Bráulio na retomada da formação de novos presbíteros não só para a Arquidiocese de São Luís, mas para todo o Maranhão”.

Trecho extraído de um comunicado, assinado por Dom José Belisário da Silva e por Dom Esmeraldo Barreto de Farias.

--

Sacerdote católico negro, que transbordava esperança e iluminava muitas vidas.

Um padre muito humano, cheio de alegria e solidariedade. Tinha uma riquíssima história na igreja Católica do Maranhão.

Suas palavras motivadoras e tão marcantes ergueram grandes paróquias por onde passou, e fez brotar uma fé fortificada nos corações das pessoas que tiveram o prazer de ter um momento de conversa com ele.

"Obrigado por tudo Padre Bráulio, nosso pretinho, como ficou conhecido pelos jovens de sua igreja.", finaliza seu amigo e paroquiano, William Nogueira.

José nasceu em Penalva (MA) e faleceu em São Luis (MA), aos 66 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela jornalista e amigos de José. Este tributo foi apurado por , editado por , revisado por Joselma Coelho e moderado por Rayane Urani em 21 de maio de 2020.