Sobre o Inumeráveis

Josué Dias de Alencar

1953 - 2020

"Um homem grandão", de voz calma e passos largos e que já chegava de braços abertos.

Dono de um abraço carinhoso tão gigante quanto o seu coração.

Sempre foi muito apaixonado pela família: irmãos, sobrinhos, esposa, três filhos, o primeiro netinho e a sua mãe, dona Josefa, de 96 anos, que carinhosamente chamava de "Bonitinha".

Tinha sempre uma palavra para ajudar e uma piada na ponta da língua. Nunca perdia a chance de dar risada, aproveitar um evento em família e encher o prato com comida boa. Gostava de saborear tudo com muita calma.

Josué era, sobretudo, uma pessoa presente e brincalhona, alguém que soube bem aproveitar a vida. Ele gostava muito de viver.

Como legado, deixa a frase que tanto dizia: “nós precisamos ser felizes!”

Josué nasceu em Brasília (DF) e faleceu em Brasília (DF), aos 67 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de Josué, Lilian de Alencar Figueiredo. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Ligia Scalise, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 9 de maio de 2020.