Sobre o Inumeráveis

Josuel Pais de Almeida

1977 - 2020

Extrovertido, gostava de tocar sax, viajar e comer bem. Mas amava mesmo fazer a família e os outros felizes.

Jasilene fala que o marido "era e sempre será" uma pessoa perfeita. Com sua humildade e prazer em fazer os outros felizes, conquistava a todos.

Josuel era extrovertido. Quando chegava em algum lugar, contagiava a todos com sua alegria e seu "maravilhoso sorriso". "Ele amava estar com os filhos tocando seu sax, tinha o maior prazer de estar em família. Também amava fazer uma viagem e as tornava, todas, inesquecíveis. Ele amava passar bem, sempre gostava de comer o melhor possível", lista ela.

Na tradução da esposa para o casamento de 23 anos, ele foi o melhor esposo, companheiro, amigo, pai. Jasilene dá um exemplo disso: "Mesmo dentro do hospital, em isolamento, ele deixou uma mensagem falando que iria fazer uma viagem, mas pediu para dizer que amava muito sua esposa, filhos e demais familiares".

Jasilene e seus filhos rememoram essa "pessoa incrível" que, mesmo indo tão cedo, conquistou tudo e todos: "Ficaremos eternamente gratos pelo homem que foi e que sempre será um espelho para nós".

Josuel nasceu em Itapetininga (SP) e faleceu em Itatinga (SP), aos 43 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela esposa de Josuel, Jasilene Rosa de Lima Almeida. Este tributo foi apurado por Viviane França, editado por Marcia Horacio Barbosa, revisado por Paola Mariz e moderado por Rayane Urani em 28 de julho de 2020.