Sobre o Inumeráveis

Juarez Ribeiro de Barros

1927 - 2020

O velhinho mais elegante da missa de domingo, com lugar cativo no banco da igreja e no coração das pessoas.

Ele era conhecido como Juá ou Lêja, e reconhecido por ser o senhor de cabelos brancos que ocupava o mesmo lugar no altar da missa todos os domingos.

Sereno e brincalhão, o avô de Marco Túlio foi a pessoa mais alegre que ele já conheceu na vida. "Mesmo com seus 93 anos, nunca deixou a irreverência de lado", diz o neto.

Juarez era notado em qualquer lugar onde estivesse... na praça ou mesmo de dentro do Opala Diplomata, de cor prata. Em outros tempos, costumava parar e conversar com as pessoas.

Sempre vaidoso e elegante, podia, porém, perder a classe quando tocavam no seu cabelo com gel.

Ele acordava muito cedo e ocupava a manhã na calçada de sua casa, cumprimentando os passantes, de quem atraía a atenção batendo palmas, dando tchau ou chamando com sua voz rouca.

Marco Túlio conta que o avô lutou e superou diversas enfermidades que o acometeram ao longo da vida, e completa: "No fim, sua maior alegria era brincar com a bisneta Aurora, de apenas nove meses."

Juarez nasceu em Serra Talhada (PE) e faleceu em Serra Talhada (PE), aos 93 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo neto de Juarez, Marco Túlio Ribeiro de Barros. Este tributo foi apurado por Andressa Vieira, editado por -, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 31 de agosto de 2020.