Sobre o Inumeráveis

Juliana Musse Chen

1978 - 2020

Apaixonada pela vida, pelos animais e por viagens.

Não há quem não se lembre da Jú pela dedicação à veterinária e por todos os bichinhos que ajudava a cuidar, exercendo o amor que ia muito além da profissão. Estudiosa, profissional dedicada e grande especialista em sua área, tinha na profissão um dos seus refúgios.

Refúgio também era Inder, seu sobrinho, o filho do coração, por quem era apaixonada e recebia muito amor e carinho. Amar era mesmo uma das suas maiores virtudes: casada com o Vinícius por mais de 18 anos, com quem ganhou o coração em um 30 de dezembro numa das muitas viagens à praia, o coração da sogra, que a mimava, amava e protegia, era também sua morada. Eram amigas!

Era unanimidade: todos gostavam da Jú e viviam, na mulher ativa e elétrica que não parava um segundo, uma pessoa preocupada com o bem-estar de todos, inclusive do sogro, que havia passado por uma cirurgia quando foi hospitalizada. Carinhosa, perguntava todos os dias por ele, querendo saber como estava.

Kelly, prima de Vinícius, tinha nela mais do que uma amiga; era sua prima do coração. Jú, sempre amorosa, tinha o dom de fazer com que todos se sentissem em casa!

Apaixonada pela vida, viajante de corpo e alma, dono das cachorrinhas mais fofas do mundo e adorada por todos, eternizou-se pelas qualidades. Vinicius, o esposo apaixonado e companheiro de infinitos momentos, exalta, num relato poético e emocionante, suas maiores qualidades: iluminada, dedicada, cativante, amada, protetora, feliz e realizada. Retrato de uma trajetória linda que continua vibrando no coração de todos.

Juliana nasceu em São Paulo (SP) e faleceu em Mogi das Cruzes (SP), aos 42 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela prima e amiga de Juliana, Kelly. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Weslley Carvalho, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.