Sobre o Inumeráveis

Julio da Cunha Venâncio

1982 - 2020

Adorava dizer se gabando: "Sou um cavalo sempre forte!"

Júlio morava sozinho, mas ia à família quando precisava. Trabalhava como motorista. Tinha uma filha, Gabriely, de 9 anos, que morava com a mãe.

Ele gostava muito de ajudar as pessoas, mas mantinha uma certa distância com os familiares. Costumava ir sempre na casa da mãe e das irmãs, mas ficava no quintal.

Gostava mesmo de um bom churrasco com pagode.

"A verdade é que meu irmão era um Shrek, mas no fundo carinhoso do jeito dele", conta sua irmã Adriana.

"Meu irmão era muito turrão! Mas tinha um bom coração", conta a irmã Viviane.

Não tinha medo, dizia ser blindado.

Julio nasceu em Duque de Caxias (RJ) e faleceu em Duque de Caxias (RJ), aos 38 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelas irmãs de Julio. Este tributo foi apurado por Phydia de Athayde, editado por Denise Pereira, revisado por Didi Ribeiro e moderado por Alana Rizzo em 25 de maio de 2020.