Sobre o Inumeráveis

Kátia de Carvalho Martins

1951 - 2020

Uma grande acumuladora de viagens históricas, de amizades e do amor por sua gata de estimação.

Com paixão pelo artesanato e talento para acumular coisas, Katita, como era chamada, foi craque em sentir cada variação de clima pelos lugares históricos nos quais tanto amava visitar. Essas inúmeras viagens traziam o que havia de melhor nela: o otimismo e a alto astral de quem ama e prestigia a vida. Tanto é que, além de acumular coisas, fazia "aglomeração de profissões": era administradora, cientista contábil e artesã. Nada pequeno para quem cultivava um apelido no diminutivo.

“Era uma pessoa que estava sempre disposta a fazer qualquer coisa, a qualquer hora; era divertida e super companheira”, diz Susana, uma de suas mais amadas amigas, que era praticamente uma filha para Kátia.

O amor e a paixão por sua gata de estimação eram as chaves que a guiavam para continuar.

Kátia nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 68 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela amiga de Kátia, Susana Morais. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Agnes Vitoriano, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 7 de junho de 2020.