Sobre o Inumeráveis

Leontina da Conceição Pedro Moia

1956 - 2020

Seu sorriso era tão grande que a obrigava a espremer os olhinhos...

Tininha dedicou a vida a auxiliar o próximo. Assistente social, especializou-se em Aconselhamento em Dependência Química e coordenou programas nessa área por quase 20 anos. Ao aposentar-se, passou a fazer lindas bonecas de EVA.

Foi casada com “seu grande e único amor” e não teve filhos, mas cuidou de sua mãe, uma senhorinha de quase 90 anos com Alzheimer, como a uma filha. Deixa a saudade do seu jeito de conversar bem baixinho, dos seus bolinhos de chuva, e da inspiração que é ver como enfrentou as injustiças que a vida lhe impôs: sorrindo e servindo.

Leontina nasceu São André (SP) e faleceu São André (SP), aos 63 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Phydia de Athayde, em 9 de maio de 2020.