Sobre o Inumeráveis

Luiz Antônio Régis

1961 - 2020

As coisas engraçadas que ele dizia e sua energia positiva sempre serão lembradas.

Sua presença sempre foi sinônimo de sorrisos!

Carismático, alegre, amigo de todas as horas e prestativo. Dedicado ao trabalho e a todos que o cercavam.

Fechando os olhos e pensando nele, certamente vamos ver o sorriso largo, ouvir as falas engraçadas e sentir a sua energia positiva.

O Régis foi "o parceiro!", diz Alexandre.

-
"Marido, assim como eu o chamava. Nos reencontramos 30 anos depois. Vivemos momentos felizes nos seus últimos dois anos.

Luiz era uma pessoa amiga, trabalhador, brincalhão, sempre com um lindo sorriso. Muito família, apaixonado pelos irmãos, sobrinhos e filhos.

Nós nos amávamos muito! Ele cantava para mim músicas de amor, de um homem apaixonado.

Sei que não o teremos mais ao nosso lado. Mas sei que está nos braços do Senhor!

Sinto muito a falta do meu marido. Vivo dia após dia pensando nele, meu amor eterno."

Sua esposa, Marinete Seilhe.

Luiz nasceu São Gonçalo (RJ) e faleceu São Gonçalo (RJ), aos 59 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Alessandra Capella Dias, a partir do testemunho enviado por amigo e esposa Alexandre Caetano e Marinete Seilhe, em 18 de maio de 2020.