Sobre o Inumeráveis

Luiz Gustavo Herreira Morel

1970 - 2020

Um homem grato pela vida e pelas pequenas coisas.

Popularmente conhecido como “Uruguaiana”, agradecia a todo momento, até pelas coisas mais singelas, como tomar um chimarrão pela manhã e ter seus cachorros por perto. Aliás, não podia ver um cachorro na rua que levava para casa para cuidar.

Uruguaiana trabalhou por muitos anos no Cerâmica Atlético Clube, de Gravataí, tendo ajudado, inclusive, na construção do Estádio Vieirão. Por essa trajetória era muito conhecido na cidade e, até mesmo, por atletas espalhados pelo país. Entre os mais próximos, é lembrado por seu amor aos animais e às crianças. A simpatia e o bom humor sempre estiveram presentes no dia a dia desse gremista fanático.

Adrielle conta que o pai era muito grato pela reaproximação com a filha, já que, infelizmente, não foram próximos durante a infância dela. Depois da mensagem que ela recebeu de Luiz Gustavo, numa rede social, em 2015, nunca mais perderam o contato e chegaram até a morar juntos em Gravataí.

“Ele era um homem bom para todos, apesar de não cuidar de si mesmo. Era capaz de tirar de si para ajudar quem estivesse precisando. Nossa história tem várias páginas em branco, mas em pouco tempo conseguimos escrever lindos momentos entre pai e filha que ficarão eternamente enraizados no nosso caminho”, relembra Adrielle.

Luiz nasceu em Uruguaiana (RS) e faleceu em Gravataí (RS), aos 49 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Luiz, Adrielle Caren Gomes. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Thariany Flores Mendelski, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 29 de agosto de 2020.