Sobre o Inumeráveis

Luzia dos Santos Cavalcante

1935 - 2020

Uma mulher além do seu tempo, impulsionada pela vontade de vencer.

Visionária e empreendedora. Com certeza essas são duas características que podemos atribuir à Dona Luzia. Foi uma mulher além do seu tempo.

Nos anos 70, fugindo da seca no sertão alagoano, saiu do município de Pão de Açúcar e foi para Aracaju, pois percebera que ali, a cidade já não tinha mais nada a lhe oferecer.

Em Aracaju, juntamente com seu esposo Sr. Jessé, educou seis filhos. Sempre acreditou na força transformadora da educação.

Os filhos casaram e a família cresceu ainda mais com a chegada dos netos e bisnetos. Ela gostava da casa cheia. Recebia família e amigos com alegria e amabilidade.

Como não teve oportunidade na juventude, foi aprender a dirigir aos 65 anos, apesar do temor de parte da família. Aos 70, lá estava Dona Luzia em uma sala de aula, aprendendo noções básicas de informática. Não queria ficar fora dessa onda.

Em seus 84 anos, venceu a seca e muitos obstáculos, mas infelizmente, não venceu a covid-19.

Luzia nasceu em Alagoas e faleceu em Sergipe, aos 85 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela filha de Luzia, Sandra Cavalcante. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Marilza Ribeiro, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 1 de agosto de 2020.