Sobre o Inumeráveis

Maria da Paz Viana

1928 - 2020

Ela era de paz, mas sabia fazer guerra se preciso fosse. Mas o que gostava mesmo era de fazer carnaval.

Mãe forte, guerreira, protetora e cuidadora. Maria da Paz sabia cuidar dos seus, cuidar de todos, e também sabia fazer a guerra, se preciso fosse. O neto Harvey é quem conta que "quando necessário, ela poderia virar uma 'Maria de Guerra'".

Ainda assim, Maria era de paz. E era também de batucada, especificamente, de carnaval. Nunca perdeu uma folia de Momo! Até quando a saúde permitiu, sempre estava lá, organizando tudo.

Além de fazer festa, esta avó carinhosa também tinha a virtude de cuidar do outro. “Viveu uma vida inteira cuidando das pessoas na área de saúde”, conta Harvey.

Com ela por lá, podemos dizer que o Céu está em pleno Carnaval de alegria, e Maria da Paz está lá, ao lado de seu grande e único amor, Luis Alfrêdo Guimarães Caldas.

Maria nasceu em Porto Rico do Maranhão (MA) e faleceu em São Luís (MA), aos 92 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo neto de Maria, Harvey Spencer Lima Caldas. Este tributo foi apurado por Malu Marinho, editado por Jesiel Eliezer Zerbo, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 12 de agosto de 2020.