Sobre o Inumeráveis

Maria da Silva Barbosa

1939 - 2020

Benzadeira e cozinheira do melhor feijão.

Dona Maria, como era carinhosamente conhecida, era a verdadeira bondade em pessoa. Uma alegria e um ser de luz. Características que, somadas aos seus saberes populares, transformavam-na em uma exímia benzedeira.

Abençoava contra "bucho virado", "quebrante", "cobreiro" e torcicolo, buscando sempre ajudar todos que necessitavam.

Animava-se com uma cantoria, principalmente se fosse de "forró". Aos 75 anos, foi em um desses bailes que suas amigas prestaram uma linda homenagem a ela.

Cozinheira de um feijão caseiro famoso e de um bolinho de carne moída com batata delicioso; ela gostava mesmo era de reunir os netos, os filhos e os amigos em sua casa para um farto almoço.

Maria nasceu em Vitória de Santo Antão (PE) e faleceu em São Paulo (SP), aos 80 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo neto de Maria, Andressa Barbosa de Menezes. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Alexandre Ramos Costa, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 21 de outubro de 2020.