Sobre o Inumeráveis

Maria Lucia Alvarenga de Moura

1945 - 2020

Malu Mulher, Malu Mãe: publicitária e mãe zelosa. Coloria paredes e vibrava com jogos do Palmeiras.

Desde cedo ela demonstrava o dom da pintura: cores, tintas, formas...

De um núcleo familiar de cinco mulheres sustentadas pela mãe, Malu dava forma e alegria às coisas.

O desenho na parede do quarto do único filho ficou marcado, para sempre, na memória do garoto. Emoldurava suas ideias em quadros com pinceladas abstratas.

Publicitária de formação, ela criou e dedicou-se especialmente à formação de uma família. Adorava elaborar almoços especiais, o menu mais lembrado é o camarão na moranga e os típicos árabes, como o charuto.

Malu começou a acompanhar futebol na época em que o filho integrava a torcida organizada. Primeiro, por estar preocupada, depois tomou gosto em assistir aos clássicos do Palmeiras. Dividiu essa paixão com ele.

Malu viveu plenamente suas escolhas. Viveu multiplicando belezas e amor.

Maria nasceu em São Paulo (SP) e faleceu em Guarulhos (SP), aos 75 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo filho de Maria, Luciano de Moura Brogiollo. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Juliana Vieira, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 9 de agosto de 2020.