Sobre o Inumeráveis

Mariane Machado Capuano

1982 - 2020

"Eu te amo por você", dizia Mariane. A mulher que só era amor.

Mariane era AMOR. O mais puro amor.

Ela foi portadora da síndrome de down, tinha suas limitações, mas era amor.

Ela sabia da "condição" dela e era amor.

Não guardava mágoa, não guardava rancor. Nadinha de nada disso.

Ela não era perfeita, mas amava, acima de tudo.

Dizia: "Sou Mariane, linda e fofa" e "Te amo até perto do Senna". Ela estava sempre lá pra gente. Sempre presente, mesmo quando estávamos longe.

Ela amava pintar, cantar, dançar.

Eu poderia ficar aqui falando milhões de coisas sobre ela. Mas a Mari se resumia a amor.

Ela amava as pessoas, os animais, o mundo, a vida.

Mariane nasceu em São Paulo e faleceu em São Paulo, aos 38 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Rayane Urani, a partir do testemunho enviado por irmã Geórgea Machado Capuano, em 1 de maio de 2020.