Sobre o Inumeráveis

Mônica Silva dos Anjos

1980 - 2020

Tinha o sorriso como sua marca. A tia do RU era dona de uma risada fácil e estridente.

Como a batalhadora nata que era, Mônica trabalhou fazendo unhas até conseguir trabalhar no restaurante universitário. Uma mulher forte e focada. Não era apenas a tia do RU; no auge dos seus 40 anos, mantinha o astral em alta. Era a personificação da felicidade, para a amiga Tatiana.

Gostava mesmo era de uma boa risada, daquela cervejinha com os amigos, fazia a felicidade reinar nas festas que ia. Uma mãe, filha, esposa, companheira e amiga exemplar, uma pessoa tão amada que nem podia imaginar.

"Era de poucos sonhos, era de viver cada minuto como último", relatou sua amiga Tatiana, com quem colecionava inúmeras histórias.

Mônica nasceu em Ilhéus (BA) e faleceu em Ilhéus (BA), aos 40 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela amiga de Mônica, Tatiana Santana de Araújo. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Maria Mendes, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 19 de setembro de 2020.