Sobre o Inumeráveis

Paulo Sergio Gonzales

1961 - 2020

Médico de riso fácil mesmo na suas maiores turbulências.

O pai de Rafaella era um médico alegre e engraçado, que no imaginário possuía outras duas filhas, mas caninas, a Kit e a Kat.

No coração de Paulo cabia o amor ao próximo e o amor aos bichos. “Ele ajudava muito as pessoas, adorava pescar e os animais”, conta a companheira Ana Paula.

-
"Meu pai que me inspirou e me inspira até hoje. Aventureiro, determinado e honesto. Um exemplo de médico, que me fez querer seguir seus passos. Meu sangue, meu orgulho", conta a filha Rafaella Gonzales

-
Durante mais de 30 anos dedicou a vida a salvar vidas. Era cirurgião geral talentoso. Cuidou de muitos pacientes carinhosamente, da forma mais humana possível e com uma generosidade ímpar. Pessoa maravilhosa, que estava sempre sorrindo e nunca deixou as turbulências da vida o abaterem.

"Existem pessoas especiais que partem da nossa vida e nunca nos deixam por completo. Quero lembrar como você, Paulo Sergio, foi e sempre será importante não só para mim, mas para todos que o conheceram. Ainda guardo no meu coração lindas memórias de tudo que vivemos. As saudades são muitas e crescem cada vez mais, mas também persiste em mim a certeza de que eu jamais esquecerei você. Médico de mãos talentosas, cirurgião preciso e necessário. Pai zeloso, dedicado e amoroso, que deixou lembranças incríveis nesse sentido", conta a amiga Débora Vieira.

-
"Então, você olha o post no Facebook e se encontra com um amigo que não via há anos. O destino nos separou e cada qual, médico que somos, foi servir em seus devidos lugares. Ver o nome do amigo e saber que não vai mais reencontrá-lo, porque o vírus levou para sempre aquele sorriso largo, aquelas gargalhadas. Descanse em paz. Tenho certeza que você combateu bem o seu combate", diz a amiga Maria de Lourdes.

Paulo nasceu em São Paulo (SP) e faleceu em Campinas (SP), aos 60 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Flávia Campos, a partir do testemunho enviado por familiares e amigos Ana Paula, Rafaella, Débora e Maria de Lourdes, em 11 de maio de 2020.