Sobre o Inumeráveis

Pedro Geraldo Pinto Rodrigues

1943 - 2020

O Santista fanático e um dos caras mais “boa-praça” que já passou por aqui...

Grande PG!
Pedrinho. Pedrão. Tio Pedro.
Pai.
Vovô bigode.
Irmão e amigo.
Sorriso fácil.
Bem-vindo em qualquer lugar e ocasião.
Mesmo com muita dificuldade nos últimos anos, por conta dos seguidos avc’s, da cadeira de rodas e da perda da esposa, a alegria dos seus olhos ainda cativava.
Encantava.
Olhos cansados, com um brilho teimoso, de quem insistia em viver.
Ensinou. Aprendeu. Irritou. Amou.
Foi amado e admirado.
Acertou. Errou.
E, acima de tudo, viveu.
Me fez viver.
Me deu a vida e as melhores lembranças que um filho pode ter de um pai.
Partiu.
Rápido, sem tempo para se despedir de quase ninguém.
E o Santos perdeu um dos seus torcedores mais fanáticos.
A minha família perdeu um pedaço importante.
Mas o mundo... Ah o mundo, perdeu um baita cara sensacional...

Pedro nasceu em Santos (SP) e faleceu em São Paulo, aos 76 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Rayane Urani, a partir do testemunho enviado por filho Gustavo Kosha, em 8 de maio de 2020.