Sobre o Inumeráveis

Quitéria Martins de Almeida

1958 - 2020

Amava a família, a praia de Iracema e o bloco de carnaval "O cheiro é o mesmo".

Dona de uma barraca na praia de Iracema, Quitéria sempre foi batalhadora e cuidou dos dois filhos com muita determinação. Tanto é que um deles, Max, a chamava carinhosamente de “a pai”. Essa força se estendia pelo cuidado que tinha para com todos ao seu redor, o que a fazia ligar constantemente para cada membro da família a fim de saber como estava e convidá-lo para ir a sua casa.

Manias, tinha muitas. Sempre que encontrava os filhos, pedia-lhes a popular bênção para logo após falar o nome de diversos santos. Era assim que os protegia. Sua alegria interior perdurou mesmo em meio a tantos obstáculos enfrentados, porque isso a segurava na batalha.

Quitéria deixou um pedaço de seu amor em cada pessoa que atravessou sua vida.

Quitéria nasceu em Fortaleza (CE) e faleceu em Fortaleza (CE), aos 62 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo filho de Quitéria, Max. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Agnes Vitoriano, revisado por Paola Mariz e moderado por Rayane Urani em 9 de junho de 2020.