Sobre o Inumeráveis

Raimundo Carlos

1955 - 2020

Doce e amigo, prestativo ao extremo. Ficava feliz em ver a casa cheia de gente.

O marceneiro Raimundo “era a melhor pessoa que conheci na vida”. Assim o define a sobrinha Letícia. Quando ela adoeceu e ficou em isolamento, foi ele quem cuidou dela. “Me trazia comida todos os dias até eu me curar. Um mês depois, ele começou a ficar doente também”, conta.

Ele era assim, não media esforços para ajudar. Gostava da casa cheia e de fazer almoço para a família toda. Religioso, ia muito à igreja
A esposa Maria das Neves o chamava de Zé, os muitos amigos de Mundico. Teve duas filhas Shirlene e Sandra .

Raimundo nasceu em Ilhéus (BA) e faleceu em São Paulo (SP), aos 64 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de Raimundo, Letícia. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Ticiana Werneck, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 26 de maio de 2020.