Sobre o Inumeráveis

Rosani Vieira Soubihe

1957 - 2020

Uma artista plástica que amava viver.

Artista plástica nata. Ceramista, usava seu dom como ninguém. Amava sua família, seus filhos e netos. Amava viver!

Da amiga, Analu Tome.

-
Uma mulher simpática, de abraço aconchegante e sorriso acolhedor, respeitosa e cheia de amor. Teve uma família unida que a amou muito e que foi pega de surpresa por uma doença ainda desconhecida.

Não deu tempo de dizer a ela o quanto era amada por sua família, pelos seus irmãos, pelo seu parceiro de vida Edmundo (seu pai, aqui na terra) e sua mãe - que já está em outro plano, esperando por sua chegada na morada espiritual.

Rosani tinha, também, o carinho de todas as pessoas que lhe eram próximas. Todos admiravam a sua força, sua vontade de batalhar pelo seu lugar nesse mundo e prover educação aos seus filhos - que estão agora desolados com a sua falta.

Tinha lindos olhos verdes, que traziam um brilho incomum e que deixarão eternas saudades.

Até breve, Rosani!

Do concunhado, Ricardo Orsi.

Rosani nasceu em Itapira (SP) e faleceu em São Paulo (SP), aos 63 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Edson Pavoni, a partir do testemunho enviado por amiga e concunhado Analu Tome e Ricardo Orsi, em 3 de maio de 2020.