Sobre o Inumeráveis

Solange Gonçalves Bittencourt

1967 - 2020

Apaixonada por Itacuruçá, pescava em suas praias e, no carnaval, distribuía alegria por suas ruas.

Adelaide, personagem do programa humorístico Zorra Total, foi a escolhida para viver o papel mais prestigiado que alguém poderia ter: ser fantasia de carnaval de Solange. Quem era Solange? Uma costureira alegre e irreverente que fabricou o próprio tablet de papelão, colocou nele a foto de seu esposo e saiu pelas ruas do distrito de Itacuruçá em busca dos famosos cinquenta centavos que Adelaide tanto pedia nas noites de sábado.

Sempre a última a sair das festas familiares, um de seus maiores talentos foi a alegria contagiante que cultivou por toda a vida ao lado de seus três filhos, Marilia, Maraisa e Phelipe. Felicidade inerente essa que levava Solange para, sempre que pudesse, pescar nas belezas naturais das praias de Itacuruçá. Assim, esses pequenos detalhes são os que construíram uma pessoa formidável como ela, era assim que vivia. Solange era um amor além da vida e não se pode esquecer de seus cinquenta centavos.

Solange nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e faleceu no Rio de Janeiro (RJ), aos 53 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Solange, Maraisa Bittencourt Quintanilha. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Agnes Vitoriano, revisado por Gabriela Carneiro e moderado por Rayane Urani em 8 de junho de 2020.