Sobre o Inumeráveis

Teresinha de Jesus Magalhães Angelim

1948 - 2021

Nas reuniões familiares queria todos à mesa, ao mesmo tempo. Ai de quem não fosse.

Exemplo de amor maternal, amiga leal, esposa fiel, filha e irmã adorável, professora dedicada e com muita fé em Deus. Assim o filho Fernando inicia sua homenagem à Terezinha.

Viajar era o que mais gostava de fazer. Conheceu alguns lugares do Continente Europeu assim como alguns do Brasil indo à Gramado, Serra Gaúcha e, surgindo oportunidade, lá estava ela no Rio de Janeiro ou em São Paulo.

Por onde andava, levava seu amor por flores e não esquecia de cuidar do seu próprio jardim. Católica, tinha uma devoção por Santa Terezinha, que também é chamada de Santa das Rosas, além, é claro, de Nossa Senhora.

Quando podia reunir toda a família tinha um cuidado especial em agradar e conciliava as questões familiares. Estar com todos reunidos, com casa cheia, era algo de muito valor para Terezinha.

Cuidar dos seus era algo que ela bem sabia fazer. Do amparo aos primeiros dias de vida das netas, das festas de aniversário delas, confeccionando lembranças e fantasias de carnaval para todas, assim como fez para os filhos. Do cuidado e zelo para com seu esposo Nicanor, em que mesmo nos momentos de adoecimento fazia o que estava ao seu alcance e permanecia sempre ao lado dele, até o fim. Os dois comemoraram as bodas de ouro de companheirismo.

Nicanor, irmãos e sobrinhos de Tereza a chamava carinhosamente de Délia, pela semelhança que ela tinha com sua tia Adélia. Juntos Nicanor e Tereza tiveram quatro filhos: Nicanor Neto, Eduardo, Fernando e Marina. Eram os verdadeiros amores da vida de Terezinha, e ela fazia tudo que podia para vê-los felizes.

Suas netas recebiam carinho extra da vó. São seis meninas: Ingrid, sua afilhada de batismo, Ilka, Maria Fernanda, Maria Eduarda, Lívia, que era cuidada como filha e Tereza Raquel, que prestou homenagem através do seu nome.

Teresinha nasceu em Granja (CE) e faleceu em Sobral (CE), aos 73 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo filho de Teresinha, Fernando Magalhães Angelim. Este tributo foi apurado por Rafaela Teodoro Alves, editado por Hortência Maia, revisado por Walker de Barros Dantas Paniágua e moderado por Rayane Urani em 17 de setembro de 2021.