Sobre o Inumeráveis

Amaro Ferreira Muniz

1939 - 2020

Um homem dedicado que deu o seu melhor no futebol e fez tudo o que pode pelos filhos e netos.

O futebol é paixão nacional. Quem se identifica com esse sentimento, como o sr. Amaro, mais conhecido como Marinho, sabe que poucos amores na vida são tão intensos e duradouros.

Com a bola nos pés, Marinho se destacou em sua cidade e região. Eventualmente, passou essa paixão adiante em nome de outro amor que dá significado à vida: seus nove filhos, frutos de seus dois casamentos.

Em uma memorável ocasião, Marinho trocou as chuteiras pelas arquibancadas para prestigiar o então adolescente Fabian. O pai, que sempre foi um perfeccionista, se entristeceu com as críticas que o filho recebeu por um primeiro tempo ruim de jogo.

Fabian define Marinho como seu "exemplo de pessoa, um homem responsável em tudo que fazia". Exemplo este que certamente permeou diversos aspectos de sua vida e talvez também tenha influenciado o jovem naquele jogo.

Mostrando ter "herdado" a habilidade com a bola, Fabian voltou outro no segundo tempo, jogou bem e marcou dois gols. Os críticos se calaram e o paizão ficou orgulhoso.

A felicidade alcançada naquele dia, eternizada nesta marcante recordação, também ecoou nas últimas palavras de Marinho para Fabian: "seja feliz, meu filho!". Um desejo puro de um dedicado pai e avô.

Amaro nasceu em Barreiros (PE) e faleceu em Barreiros (PE), aos 81 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo filho de Amaro, Fabian. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Larissa Reis, revisado por Rosana Forner e moderado por Rayane Urani em 10 de junho de 2020.