Sobre o Inumeráveis

Maria Lúcia Remígio dos Santos

1970 - 2020

Alegre e determinada, foi o porto seguro de toda a família e a melhor tia do mundo!

Maria Lúcia dedicou a vida a cuidar dos outros. Era para seu colo que os familiares corriam quando precisavam de ajuda e acolhimento.

Na vida profissional, não foi diferente. Como trabalhadora da saúde, ela cuidou do pobre ao mais rico, sem distinção e sem medir esforços.

A lembrança saudosa, retida por toda cidade de Piancó, na Paraíba, é de uma mulher alegre e bondosa. Para a sobrinha Izabelle fica a memória da melhor tia que alguém pode ter.

-

Recepcionista e agente de saúde, Lúcia amava passear e cozinhar, em especial canjicas e bolos.

Ao ser perguntado sobre as manias da mãe, Felipe recorda com afeto do seu "jeito de colocar o cabelo pra trás, de deixar o prato na mesa e do quanto não gostava de comer sozinha".

Lúcia estava sempre pronta para cuidar dos filhos e de sua mãe. Gostava de ajudar quem precisasse, principalmente na saúde. Ajudava as pessoas a marcar cirurgias e consultas, lutava com a doença do outro até o fim.

Foi muito querida e amada. "O seu sorriso, a sua disposição pra vida e o seu abraço aconchegante foram marcantes", conta Felipe.

Lúcia foi mãe do Felipe, da Ana e do Dudu. Por pouco não conheceu a netinha Catarina, filha da Ana.

"Acho que o que mais marcou sua vida foi doar um rim ao seu primo", conta Felipe, ao se lembrar da generosidade da mãe.

Lúcia será sempre lembrada por sua empatia, capacidade de se colocar no lugar do próximo, suas palhaçadas, a maneira engraçada como contava histórias, pelo sorriso marcante e por ter sido a melhor pessoa que ela poderia ser.

"Acho que a música Maria, Maria é toda escrita pra ela."

Maria nasceu em Condado (PB) e faleceu em Piancó (PB), aos 50 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela sobrinha e pelo filho de Maria, Izabelle Remígio Barros e Felipe. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Mariana Quartucci, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 9 de agosto de 2020.