Sobre o Inumeráveis

Amaury de Souza

1932 - 2020

Uma de suas frases mais marcantes: “Eu já falei pra Santa que não é desse jeito!”

Um homem de muitos amigos, conhecidos e uma família enorme.

Amava todos. Jamais o ouviram dizer que detestava alguém. Era apaixonado pela esposa, a Vó Santa, a dona Santa do Xereta. Partiu no dia do aniversário de casamento dos dois. Completariam 63 anos de casados.

Foi batalhador, pedreiro de mão-cheia, caprichoso no seu serviço e perfeccionista.

Também era muito teimoso. Uma de suas frases mais marcantes: “Eu já falei pra Santa que não é desse jeito!”

Para ele, não existia tempo ruim! Topava qualquer coisa. Adorava viajar e acampar. Possuía um espírito de aventureiro. Ele queria abraçar o mundo.

Esposa, filhos, netos, amigos, conhecidos... Ninguém pôde se despedir. O que conforta os familiares é saber que ele está ao lado de Deus.

Amaury nasceu em Assis (SP) e faleceu em Assis (SP), aos 86 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Vitória Freire, a partir do testemunho enviado por neta Lara Daniela de Souza Parra, em 12 de maio de 2020.