Sobre o Inumeráveis

Ana Maria de Andrade Ferreira

1950 - 2020

As pessoas chamavam-na de tia Aninha. Eu, de mãe.

Deus deu a mim essa grande possibilidade, de conviver com uma pessoa amável e conciliadora.

Sucumbiu à Covid-19, mas lutou até o último instante.

Mãe, esposa e uma alma exemplar. Deixa muitas saudades.

Beijos onde a senhora estiver.

Descanse, merecidamente.

Ana nasceu em Nova Iguaçu (RJ) e faleceu no Rio de janeiro, aos 69 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Priscilla Fernandes, a partir do testemunho enviado por filho Leandro de Andrade, em 10 de maio de 2020.