Sobre o Inumeráveis

Antonio Luis Alves do Nascimento

1963 - 2020

Competia com seu ídolo, Amado Batista, na composição de canções, uma mais engraçada que a outra.

Sr. Antônio era agricultor e por isso, passava muito tempo trabalhando na roça. Falava pouco de sua infância para os filhos, contando apenas que aquela época não havia sido nada fácil para ele. Ainda muito jovem, teve que ajudar seu pai nos afazeres do campo, mas essas dificuldades parecem ter só tornado mais bonitas as suas conquistas ao longo da vida.

Foi casado com Maria de Lourdes, por quem era apaixonado: declarava a todo momento seu amor pela esposa. Com ela, teve oito filhos. Teve também os netos muito amados: Maria Eduarda, Paulo Gabriel, Anna Luiza, Anny Sofia, Lucas e Luiz Guilherme.

O amor que sentia pelos netos era correspondido por todos eles, que gostavam da sua companhia e de ficar ao seu redor durante todo o tempo; até chamavam-no de pai. Sr. Antônio ficou muito feliz quando o neto caçulinha veio ao mundo e recebeu o nome de "Luis Guilherme" em sua homenagem. Era muito prazeroso para o avô passear com o netinho mais novo, ainda bebê, no colo.

"Era um homem cheio de vida, que distribuía sorrisos por onde andava. Tinha muitos amigos, e todos gostavam muito dele, pois, além de ser muito generoso e querer sempre ajudar quem precisasse, era a 'alegria em pessoa'", conta sua filha Gabriela.

Amava cantar as músicas do Amado Batista, o seu cantor preferido. Não bastando o desafio da cantoria, sr. Antônio ia além e se aventurava compondo músicas. Inventava letras tão engraçadas que fazia rir quem quer que as lesse.

"Guardo uma lembrança muito carinhosa dele de quando éramos crianças e nossa mãe trabalhava: ele amava ajudar a pentear nossos cabelos. Isso vai ficar sempre na minha memória afetiva", comenta a filha Gabriela.

Antonio nasceu em Capistrano (CE) e faleceu em Fortaleza (CE), aos 57 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela filha de Antonio, Gabriela de Aquino Do Nascimento. Este tributo foi apurado por Sonia Ferreira, editado por Sonia Ferreira, revisado por Débora Spanamberg Wink e moderado por Rayane Urani em 27 de junho de 2021.