Sobre o Inumeráveis

Antonio Marco Barbosa Miranda

1972 - 2020

Um meninão vestido em corpo de homem.

Com aproximadamente 1,80 metro de altura, Antonio Marco era conhecido como "Marcão". Gostava de assistir aos desenhos animados e teve dois cachorros, Cebolinha e Magali. Não foi apenas sua estatura que ficou como uma característica marcante dele — o sorriso alegre e o coração de pai também ficaram registrados como atributos fortes de Marcão.

"Nossa filha foi um milagre de Deus, pois eu tinha problemas e não conseguia engravidar. Quando descobrimos que eu estava grávida da Manu, ele ficou muito feliz e radiante", lembra Kellen, sua ex-esposa, que o define como um sonhador em busca da felicidade.

Marcão andava arrastando o chinelo no pé. De longe, quem o conhecia, sabia que ele estava chegando. Tinha a alma leve e brincava com todos ao seu redor.

Apaixonado pelo Flamengo e pelo Clube do Remo, no fim de semana sua cervejinha e uma partida de futebol na TV eram sagradas.

O paraense queria construir a casa dos sonhos, do jeitinho que sempre planejou. Na vida, foi alicerce e se manteve forte até o último minuto.

Antonio nasceu em Belém (PA) e faleceu em Barcarena (PA), aos 47 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela ex-esposa de Antonio, Kellen Miranda. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista João Vitor Ferreira, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 25 de junho de 2020.