Sobre o Inumeráveis

Antonio Praxedes

1944 - 2020

O fato de não ter sido alfabetizado não o impediu de ensinar, com todas letras, o que era honestidade.

Antonio sabia muito bem o que era educação e, além de usá-la como princípio, também transmitia suas lições de vida à família.

Um livro aberto e um exemplo vivo, que exerceu a paternidade com maestria.

As dificuldades não eram páreo para o pescador que, mesmo depois de sofrer um derrame no lado direito do corpo, continuou a pescar sonhos e fazer o possível para ajudar a família.

Sete dias de pesca no mar eram o suficiente para que Antonio retornasse à sua casa cheio de peixes e de força.

Sua vida sempre foi essa: buscar nas profundezas da vida o seu norte. Ou melhor: o seu "Nordeste", lugar por onde viajou para reencontrar irmãos e parentes em 2019.

Reencontro esse que foi “uma despedida planejada por Deus”, acredita a família sobre este “até logo”, em que “logo” é bem ali, em cada coração.

Antonio nasceu em Carnaubinha (RN) e faleceu no Recife (PE), aos 76 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo filho de Antonio. Este tributo foi apurado por Irion Martins, editado por Irion Martins, revisado por Monelise Vilela e moderado por Rayane Urani em 7 de maio de 2020.