Sobre o Inumeráveis

Carlos Alberto dos Santos Viegas

1949 - 2020

Dedicado à família, atuou no ensino e na advocacia e faz parte da história de Goiana, em Pernambuco.

Carta aberta em homenagem a Carlos Alberto dos Santos Viegas, escrita pela esposa Rose Mary Sotero Viegas e pelo sobrinho Alexandre Augusto:

Como falar do saudoso e eterno Dr. Carlos Alberto dos Santos Viegas sem citar o seu amplo e enriquecedor currículo de homem público que conquistou em sua vida um capítulo extenso e brilhante na história da nossa gloriosa e querida Goiana?

A princípio, com formação acadêmica em Letras, lecionou como professor de inglês em vários educandários: Sagrada Família, Benigno Araújo Estadual e IV Centenário, todas escolas pertencentes a nossa histórica Goiana, cidade onde nasceu e que tanto amou. E por onde ele passou nesses educandários, deixou um vasto conhecimento e um grande legado de ensinamentos, que será sempre na memória de todos eternizado.

Outros desafios também lhe foram atribuídos pela sua extrema capacidade; foi também secretário de educação, chefe de gabinete e secretário de obras ao longo da sua trajetória de vida em gestões municipais em épocas passadas.

Com o tempo estudou, formou-se também em advocacia e se tornou um grande defensor público do nosso estado. No exercício de suas funções, trabalhou com determinação, empenho, amor e dedicação e relevantes foram os seus serviços prestados à justiça da nossa querida cidade, defendendo sempre e arduamente os direitos dos cidadãos menos favorecidos dentro dos princípios da ética e da moralidade.

Era um homem sereno e meticuloso com o que dizia e era muito bem conceituado e respeitado por todos nos meios sociais por onde transitava. Era de poucas palavras, mas quando se expressava, nos seus discursos eloquentes, nas solenidades ou no tribunal de júri de que participava, chamava a atenção de todos pelo seu rico e extenso vocabulário.

Como esposo e pai de família, era um belo exemplo a ser seguido. Educou seus três filhos, Carlinhos Viegas, Samuel Viegas e Sheyla Viegas, com muito amor, dando sempre bons exemplos a serem seguidos. Para ele família era a base de tudo. Era um homem extremamente dedicado ao lar e sempre presente, e nunca deixou faltar à sua esposa, Rose Mary Sotero Viegas, e aos filhos sua dedicação, amor e carinho.

A você, Carlos Viegas, como popularmente era chamado, a minha saudosa e eterna gratidão, pois quando de você precisei, você, sempre muito atencioso e prestativo, me estendeu a sua mão.

Carlos nasceu em Goiana (PE) e faleceu em Recife (PE), aos 70 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelos familiares de Carlos, Rose Mary Sotero Viegas, Alexandre Augusto e Carolayne Viegas. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Beatriz Brito, revisado por Paola Mariz e moderado por Rayane Urani em 23 de dezembro de 2020.