Sobre o Inumeráveis

Carlos Alberto Rodrigues de Medeiros

1995 - 2020

Sorriso fácil, piada pronta, apaixonado pela profissão, pronto para ajudar quem quer que fosse e feliz.

“Carlos, conhecido por nós, familiares, como Beto, foi uma pessoa incrível. Apesar da pouca idade, deixou um legado enorme. Conquistou o sonho de se tornar militar e assim, defender seu país. Infelizmente, tinha vários outros sonhos, mas não poderá mais lutar por eles.

Um garoto que se foi e deixou um buraco no coração daqueles que com ele puderam conviver. Dedicado, gentil, amoroso, generoso, feliz e agora, eterno em nossos corações”, esse depoimento de Daniela, prima do Beto, resume todo o afeto e a saudade que ele deixa.

Muito jovem, Carlos Alberto era um militar corajoso. O soldado da Polícia Militar da Bahia enfrentava uma leucemia e estava vencendo a batalha, mas veio a Covid... e ele encerrou a missão com bravura.

Adorava festas, dançar e curtir um forró. Seus cantores favoritos eram o Mano Walter e Unha Pintada. Palmeirense doente, acompanhava os jogos do time, torcendo muito.

Respeitava as leis de Deus e dos homens e estava sempre com a Bíblia e a Constituição Federal na mão.

Apesar de curta, sua missão foi bem-sucedida!

Carlos nasceu em Quixaba (PE) e faleceu no Recife (PE), aos 25 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela prima de Carlos, Daniela Nunes de Andrade. Este tributo foi apurado por Hélida Matta, editado por Hélida Matta, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 31 de agosto de 2020.