Sobre o Inumeráveis

Claudio Manoel Ricardo

1950 - 2020

O mineiro que fez história na Pauliceia Desvairada.

Filho mais velho de uma família de 10 irmãos, ele começou a trabalhar bem cedo, como era tradição naquele tempo.

Aos 21 anos, já no auge da repressão dos chamados Anos de Chumbo, deixou a terra natal e foi para São Paulo de “mala e cuia” para ganhar a vida e fazer história. Na “cidade grande”, ele trabalhou no Jockey Clube, tratando dos cavalos. Quase no fim da década de 80, 17 anos depois de ter convivido com o ritmo frenético da Pauliceia Desvairada, mudou de profissão; tornou-se metalúrgico.

Conquistou mais do que a amizade o respeito dos colegas de trabalho, que o reconheciam como um homem honesto e companheiro para todas as horas. Mais dez anos se passaram e, em 1998, Claudio Manoel se aposentou e retornou à região onde nasceu.

"Seo" Cláudio deixou a saudade como legado de uma família que o tinha como esteio, segurança e exemplo.

Claudio nasceu Patis (MG) e faleceu Montes Claros (MG), aos 69 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Luiz Ribeiro, em entrevista feita com filho Claudinei dos Santos Ricardo, em 12 de maio de 2020.