Sobre o Inumeráveis

Claudio Mauricio Sant’Ana

1961 - 2020

"Cacá, João, vovô chegou...", assim ele chamava pelos netos pelos corredores da vila.

Um homem festeiro, que amou a vida intensamente. Foi um excelente pai, um avô sem igual e um maravilhoso sogro. Gritava pelos netos todas as manhãs, na vila onde morava com a família.

Foi maqueiro por 10 anos na UPA do Engenho Novo, no Rio de Janeiro. Amava seu trabalho e os amigos que conquistou nesse tempo. Ajudou a todos sem exceção. Adorava festa e sua cervejinha. Amou os filhos e os netos com todo o coração.

Claudio nasceu no Rio de Janeiro e faleceu no Rio de Janeiro, aos 59 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Rayane Urani, a partir do testemunho enviado por nora Maria Sheila Albano Camelo SantAna, em 3 de maio de 2020.