Sobre o Inumeráveis

Cristiano Alcântara

1975 - 2020

Partiu com a certeza de que iria comemorar a cura da filha.

Cristiano era o típico carioca da gema: apaixonado pelo Flamengo e por samba-enredo de carnaval. Se mudou na adolescência com a família para Fortaleza e construiu sua história, sem nunca perder o sotaque e a paixão pelo seu time. Sonhava em ver o Flamengo campeão do mundo novamente. Trabalhava como taxista, radialista e foi júri no carnaval de rua de Fortaleza.

Era um homem de muita energia e fazia muitas coisas ao mesmo tempo. Mas nada era mais importante do que sua filha de seis anos. Cristiano parava tudo para atender um telefonema dela. A filha era sua prioridade e também o motivo de suas preces.

Dono de uma fé inabalável, ao lado da sua esposa, ele tinha a certeza de que iria comemorar a cura da filha. Não deu tempo, Cristiano partiu deixando a filha em tratamento contra o câncer.

Ficam as saudades e a promessa para o meu melhor amigo: nós vamos comemorar a saúde da sua menina e também o título de campeão do seu time do coração. Pode ficar em paz.

Cristiano nasceu Rio de Janeiro (RJ) e faleceu Fortaleza (CE), aos 44 anos, vítima do novo coronavírus.

Jornalista desta história Lígia Scalise, em entrevista feita com amigo Daniel da Silva Ferreira, em 18 de maio de 2020.