Sobre o Inumeráveis

Cristiano Muniz Ximenes

1987 - 2021

Dono de uma risada marcante, era a companhia perfeita para uma viagem ao litoral ou para um café em Petrópolis.

Inteligente e curioso, Cristiano era muito trabalhador. Essa virtude o fazia ser um ótimo líder e o grande incentivador dos familiares e amigos. “Não existia ninguém que não gostasse do Binho em lugar algum, ele sempre conquistava todos ao seu redor”, declara a sobrinha Ingrid.

Tinha paixão pelos animais, em especial pelos seus três cachorros, dois gatos e três peixinhos. Esse amor se estendia aos animais da rua que eram alimentados por ele e por sua esposa Roseli.

Era também o ombro amigo para o desabafo de quem necessitasse. “Sempre que alguém precisava de alguma coisa, o Cristiano estava pronto para ajudar, da melhor forma possível”, completa Ingrid.

Cristiano ou Binho, como era conhecido, era um botafoguense que não ligava para futebol. Seu hobby era dirigir. Amava conhecer novos lugares. Se fosse uma praia então, ele estava sempre pronto! Outro destino apreciado por Binho e Ingrid era a região serrana do Rio de Janeiro.

Binho e sua gargalhada ímpar são lembrados constantemente nos almoços de domingo da família.

Cristiano nasceu em Taguatinga (DF) e faleceu em Mesquita (RJ), aos 34 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pela sobrinha de Cristiano, Ingrid Alexandra de Andrade Pereira. Este tributo foi apurado por Larissa Reis, editado por Danielle Lorencini Gazoni Rangel, revisado por Renata Nascimento Montanari e moderado por Ana Macarini em 29 de maio de 2021.