Sobre o Inumeráveis

Eurípedes Alves Bezerra

1962 - 2020

Tinha o dom de ajudar e ensinar sobre a vida.

Eurípedes sempre foi uma pessoa solidária. Abordava pessoas nas ruas e lhes dava dinheiro e alimentação. Foi um homem religioso, íntegro e honrado. Vai deixar saudades em seus netos, que sempre guardarão na memória a melhor imagem de seu vovô!

Tributo enviado pelo genro, Marcelo Costa Magalhães.

-
Mesmo com uma infância sofrida e marcada por momentos difíceis, Eurípedes sempre fez questão de ajudar a todos. Era um bom homem.

Empresário do ramo de joias, tinha muita habilidade para vendas. Gostava de comer bem e estar com as pessoas que amava. Poder proporcionar esses momentos de união era o que mais lhe dava alegria.

Entre as histórias que a vida proporciona, teve um casamento relâmpago que durou apenas três dias. Ao retornar da lua de mel entrou com o pedido de divórcio. Foi casado três vezes. A primeira com o grande amor de sua vida, Jacqueline, minha mãe. Também casou-se com Eliane Vasconcelos e com Dorinha, por esses poucos dias.

"Amou-me muito, sua única filha, e também seus dois netos, Carlos Alberto e Théo. Tinha uma amizade fraternal com meu marido Marcelo e por muitas vezes o chamava de irmão.", relembra a filha.

Foi um homem generoso que sempre fazia questão de ensinar lições de vida.

Thalita ainda recorda que o pai "Mostrava a importância de dar um lar calmo e repleto de amor para meus filhos e ensinou que as aparências não importam quando amamos verdadeiramente alguém e, que apesar de tudo, ele sempre estará aqui para me ajudar".

Sobre o último encontro entre os dois, a filha conta que "[...] ele disse que não aguentava ficar longe de mim e que sentia muita saudade. Te amo muito!"

Eurípedes nasceu no Recife (PE) e faleceu no Recife (PE), aos 57 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela filha de Eurípedes, Thalita Barros Bezerra Magalhães. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Matheus Fernando Sanchez de Siqueira, revisado por Monelise Vilela e moderado por Rayane Urani em 29 de maio de 2020.