Sobre o Inumeráveis

Gilvan Luiz da Silva

1957 - 2020

Pernambucano que se colocava no lugar de todos aqueles que sentiam dor e amor em estado bruto.

Gilvan foi um homem que tratava as vitórias do próximo como se fossem suas. Sabia se diferenciar pois tinha uma característica rara: empatia. Era impossível contar algum problema para ele e não vê-lo se emocionar. Reconhecia o poder de se enxergar através do outro, colocava-se no lugar de todos aqueles que sentiam dor e amor em estado bruto.

Foi uma pessoa extremamente presente na família. Em festividades como aniversários e casamentos ele foi sempre o primeiro a chegar e o último a sair. Tinha seu próprio tempo e gostava de aproveitá-lo ao máximo.

Viveu grande parte da vida como cobrador de ônibus, mas depois de se aposentar acabou descobrindo sua verdadeira vocação: ser comerciante. Deixa muita saudade.

Gilvan nasceu Gravatá (PE) e faleceu Recife (PE), aos 62 anos, vítima do novo coronavírus.

História revisada por Vitória Freire, a partir do testemunho enviado por sobrinho Alex João da Silva, em 12 de maio de 2020.