Sobre o Inumeráveis

Homero Rodrigues Silva Neto

1970 - 2020

Com 1,92, conseguia ter um coração maior que sua estatura.

O "Gigante do Bem" tinha esse apelido não era à toa: dedicava-se a ajudar as pessoas à sua volta - através da profissão e de projetos sociais.

Doava-se à esposa Cristiane Marcela e aos filhos Tarsila e Tiago, separando momentos especiais para cozinhar e torcer pelo Corinthians.

Doava-se como ortopedista, promovendo qualidade de vida e saúde aos pacientes.

Doava-se aos moradores de rua através do Instituto pelo Bem. Não passava despercebido, o gigante era reconhecido por todos.

Doava-se aos amigos, pronto para ajudar em todas as horas e com
seu carisma.

Procurou mudar a si mesmo e ao mundo, deixando-o menos desigual. Foi “Homérico em tudo”, segundo sua esposa Marcela. Fica seu rastro de generosidade por onde passou e a gratidão no coração de muitos.

Homero nasceu em Penápolis (SP) e faleceu em Recife (PE), aos 49 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela esposa de Homero, Cristiane Marcela. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Jéssica Avelar, revisado por voluntário e moderado por Rayane Urani em 29 de maio de 2020.