Sobre o Inumeráveis

Izaura Maria Teixeira Bueno

1968 - 2021

Apaixonada por seus filhos, era com histórias e boas risadas que nutria essa paixão.

Amada. Não existe outro adjetivo tão adequado para identificar Izaura. Mãe de dois filhos, ela fazia qualquer um rir com suas histórias engraçadas. Além disso, era uma ótima cozinheira e se destacava nos almoços de família. Quanta alegria espalhava pela casa!

Esposa comprometida, ela sempre ajudou o marido que trabalhava muito cedo. Trabalhou como estilista, chefe de costura e designer de moda. Largou tudo pelos filhos e jamais se arrependeu. Ser mãe era sua maior missão de vida.

Amava procurar as promoções da internet, mesmo que não comprasse. Achou o PIX a invenção tecnológica mais interessante do século. Gostava de uma fofoca e boas risadas.

Em 2014, venceu um aneurisma e duas paradas cardíacas. Não deixava se abater por nada e fazia de tudo pelos filhos, sua grande motivação na vida. Naquele ano Deus concedeu mais sete anos de vida para ela aproveitar. E como aproveitou! Fez de tudo. Riu, chorou, se divertiu, educou os filhos e realizou seu sonho: conhecer Caldas Novas, em Goiás, onde voltou por três anos seguidos.

Fez história e faz falta para todos da família, incluindo seu filho Bruno, autor desta pequena homenagem. Há muita saudade, mas há também a certeza de que Izaura será sempre lembrada pelo seu grande amor à família.

Izaura nasceu em São Sebastião do Oeste (MG) e faleceu em Divinópolis (MG), aos 53 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo filho de Izaura, Bruno Davi Bueno. Este tributo foi apurado por Rayane Urani, editado por Míriam Ramalho, revisado por Luana Bernardes Maciel e moderado por Rayane Urani em 23 de junho de 2021.