Sobre o Inumeráveis

Joel Severino da Silva

1963 - 2020

Formou-se advogado depois de se aposentar; virou "doutor" como sempre sonhou.

Filho de retirantes nordestinos, ele era o mais velho entre os homens de um total de dez irmãos. Homem sonhador, determinado e bastante humano, casou-se duas vezes, com duas Sandras. Com a primeira esposa teve duas lindas filhas, Ketlyn e Kenya; e com a segunda, um menino, o Juliano.

Na comunidade em que foi criado, o Jardim São Judas, em Taboão da Serra, tornou-se um líder comunitário ajudando aos mais necessitados, o que o levou a concorrer por três vezes ao parlamento da cidade. Com o lema de campanha "Dignidade tem nome”, Joel ficou conhecido.

Funcionário público de carreira no cargo de motorista, percorreu toda sua vida profissional com uma reputação ilibada até a sua aposentadoria, conquista com a qual sonhou por muitos anos, e dizia: “Assim que me aposentar vou cuidar da minha família, da minha chacrinha e das minhas galinhas”.

Em 2021 havia concluído mais um sonho: o de ser Doutor, como ele mesmo dizia. Formou-se em Direito e com êxito conseguiu a habilitação na Ordem dos Advogados do Brasil. E, mesmo não sendo possível jogar o capelo para o alto na colação de grau — que está marcada para o começo de 2022 —, sua conquista ficará registrada no coração de todos que o amavam e torceram por ele.

Um homem de fé, que seguia as orientações evangélicas, só poderá receber o melhor que de Deus possa vir. Vai deixar saudades.

Joel nasceu em Londrina (PR) e faleceu em Taboão da Serra (SP), aos 57 anos, vítima do novo coronavírus.

Testemunho enviado pelo cunhado de Joel, Fabio Luiz Caldeira. Este tributo foi apurado por Lucas Cardoso , editado por Ana Macarini, revisado por Maria Eugênia Laurito Summa e moderado por Rayane Urani em 7 de novembro de 2021.