Sobre o Inumeráveis

Jorge Luiz

1972 - 2020

Ele acreditava na comunicação como meio de transformação.

Muito mais que um sonhador, ele era um realizador. Tinha como lema a frase “nunca desista de seus sonhos”. E foi com essa determinação que Jorge Luiz conquistou seu próprio estúdio de gravação no município de Aquidauana, no Pantanal de Mato Grosso do Sul e, foi assim que se tornou referência de comunicação dentro e fora de sua comunidade.

Da etnia Terena, nascido e criado na Aldeia Ipegue, também em Aquidauana, acreditava que a comunicação era fundamental para melhorar a vida na aldeia. Por isso, em 2006, voltou a morar em sua terra de origem com a família. Ali fundou a rádio Alternativa 105,9. Construiu tudo sozinho, torre, transmissor, vinhetas e estruturou seu conteúdo diário.

O programa era pela manhã e, começava sempre com um “bom dia, comunidade” e uma oração. Com o trabalho bem-feito, foi, cada vez mais, conquistando a comunidade da região. Um dos pontos altos da programação eram as transmissões das partidas de futebol da aldeia.

Mas o sonho não parou por aí. Jorge decidiu construir, juntamente com outros moradores, a nova base da igreja evangélica, onde seu pai, Pedro Luiz, era pastor. Para a esposa, Elizabeth Dias, falar de Jorge é falar de coisas boas, é falar de alegria, é falar de determinação e realizações.

Pai de quatro filhas, avô de dois netos, Jorge Luiz deixou na Terra seu legado de fé, trabalho, honestidade e amizade. E o lema: “Jamais desistir dos seus sonhos, sonhe sempre.”

Jorge nasceu na Aldeia Ipegue, Aquidauana (MS) e faleceu na Aldeia Ipegue, Aquidauana (MS), aos 47 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela esposa de Jorge, Elizabeth Dias. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Marina Romualdo Miranda, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 19 de setembro de 2020.