Sobre o Inumeráveis

José Francisco Marques Neto

1932 - 2020

Uma vida de muitas histórias.

Era pai de cinco filhos, avô de 10 e bisavô de quatro. A família reunida sempre ouvia suas histórias da vida política, e ele sempre adiantava “de 100 para cá, eu sei tudo!”, era seu jeitinho de dizer que conhecia muito do mundo.

Na hora do almoço, gostava de ver a mesa cheia, usava todo tempo possível para ceder a sua atenção. As férias escolares dos pequenos, para ele, era tempo precioso, e a fazenda ficava lotada, com certeza era o melhor lugar para aproveitar a família.

José Francisco foi um homem de vida agitada. Foi de farmacêutico a professor, de advogado a político. Veio de longe, do interior de São Paulo, para conquistar espaço no seu novo Estado, o Mato Grosso do Sul.

Servindo ao Exército, descobriu sua primeira profissão; sendo farmacêutico ajudou a salvar muitas vidas.

Mas foi na década de 1960, que Marques Neto, como era conhecido, se descobriu no mundo. “Nesta década, construiu sua trajetória política, uma carreira limpa e de muita coragem”, como ressalta o filho Herivelton Marques, ao se referir às memórias do pai.

Foi vereador na cidade que o acolheu até sua partida, e o primeiro prefeito de Brasilândia, município que ajudou a emancipar e onde foi homenageado ainda em vida.

Definir alguém como ele é muito difícil. Mas a história de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul contam a irreverência deste homem do interior.

José nasceu em José Bonifácio (SP) e faleceu em Três Lagoas (MS), aos 87 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pelo filho de José, Herivelton de Araújo Marques. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Brenda Machado, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 26 de junho de 2020.