Sobre o Inumeráveis

Laudeâny Aparecida de Bueno Brandão

1970 - 2020

Celebrava a vida pela gastronomia e amava estar entre pessoas queridas.

Any, como carinhosamente era chamada, esbanjava sorrisos e alegria, que se tornaram sua característica mais marcante. Através delas, via-se sua alma pulsante e cheia de vida.

Amor nunca foi um problema: cuidava de todos mesmo que de longe e sempre esteve presente na vida daqueles que amava.

Encontrou na gastronomia uma forma de celebrar a vida. Não dispensava um churrasco e uma cervejinha. Adorava estar rodeada de amigos, sua enlouquecedora paixão.

Any era puro afeto, amor e emoção, e por isso todos a adoravam. Para Luana, sua amiga e sobrinha do coração, ela foi extraordinária e trouxe muita luz ao mundo.

Laudeâny nasceu em Recife (PE) e faleceu em Maceió (AL), aos 50 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela amiga de Laudeâny, Luana Maria Mendonça Trajano Silva. Este texto foi apurado e escrito por Jornalista Cairo Martins, revisado por Gabriela Carneiro e moderado por Rayane Urani em 7 de junho de 2020.