Sobre o Inumeráveis

Lindinete Ferreira da Silva

1971 - 2020

Sentia-se jovem por natureza. Sempre dizia aos outros sua idade errada.

Ela gostava de conversar, de ir à igreja, de ouvir música gospel e de costurar. Amava ser fotografada.

Não foi casada, não teve filhos. Era muito querida pelos irmãos. Todos tinham uma atitude de cuidado e proteção com ela, que sempre retribuía à família em pequenos gestos.

“Quando ninguém comeu uma sobremesa que eu preparei, ela foi a única que comeu e disse que 'gostou muito'”, conta sua sobrinha Ana Letícia.

Desde a infância venceu muita coisa. Sempre foi forte!

Lindinete gostaria de ser lembrada como alguém que era muito querida por seus familiares - e será!

Lindinete nasceu em Ipojuca (PE) e faleceu no Recife (PE), aos 48 anos, vítima do novo coronavírus.

Tributo escrito a partir de testemunho concedido pela sobrinha de Lindinete, Ana Letícia. Este texto foi apurado e escrito por Iara Mazzeto, revisado por Lígia Franzin e moderado por Rayane Urani em 1 de junho de 2020.